Comunidade Gótica Portuguesa
 
 GOTHIKPT SITE  InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  GaleriaGaleria  Sites GOTHIKPT  Meets GothikPT  GOTHIKPT TV  BuscarBuscar  MembrosMembros  ParceriasParcerias  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Saru's Wall

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Saru
Participante


Áries Número de Mensagens : 177
Idade : 33
Localização : Atrás de ti
Data de inscrição : 24/03/2011

MensagemAssunto: Saru's Wall   Qui Mar 24, 2011 8:37 pm

Espero que gostem... não poupem o vocábulo critico! Smile

Castidade Nocturna, Bruma e Algo Mais.

A noite sem lua,
Aquela que não imite reflexos,
onde os demónios não têm rosto.
Nessa noite, onde a lua não é de oiro,
nem se veste de prata das boas novas.

Demónios...
Eles ganham um lugar, nas caves,
Nos assombro humanos,
onde a repulsa habita,
onde o segredo é miraculosamente embrulhado,
em panos de cetim e pactos luciferanos.

Como todo o veneno que esvaia,
Escapa pela porta descuidadamente entreaberta.
Um sopro de vento,
que escapou pelas fendas,Pelo desgaste secular.
O silêncio é amigo de quem procura a felicidade,
Quem espera a sorte enquanto fuma canabis,
nos cantos da cidade.

Sortudo de quem encontra, essa pérola
Esse podre que alguém deixou cair.
E sorri ao ver a nudez que encontrou,
A parte mais intima do outro, a quem a roubou.
Agora poderá comprar o mundo.
Porque a prostitua lhe abriu as pernas gratuitamente.

E a cidade que se constrói, sobre carne e osso,
fecundadas na praça, onde galgam pés,
Onde nasce a vergonha de alguém

Frederico Vanesgard
______________

Nu

No inicio das noites sem cintila,
envolto num silêncio espesso.
Procuro morbidamente imagens,
na janela fechada do meu quarto
E o desespero cresce, e cresce.

E é então que surge uma linha de água,
quando a sinto esvair-se no peito, calo-me,
na esperança de me afogar novamente.
Vou enchendo os cântaros de água,
até que as cheias reguem o meu jardim interno

Na manhã seguinte, subo ao palanque,
com olhos postos em mim, olhos meios soltos.
Mesmo assim eu tento mudar um terço do mundo,
com um suspiro interior.

E as minhas palavras quentes batem em corpos frios,
aplausos cheios e outros vazios.
E no fim, ainda há quem sorria,
com a dor que não compreendeu,
Outros conheceram melhor, a pessoa que diante deles se abriu

E a ferida abre, e abre,
num suspiro profundo.
Com um papel na mão,
fiquei nu perante o mundo

Frederico Vanesgard
__________________

O Abraço

Amargura de uma alma arrastada,
pelas ruas da cidade, crucificada.
Doce expressão de quem assiste,
Aprazido pelo tilintar de lágrimas.
Outros olham pelo canto do olho,
no seu rosto a indiferença,
pomposa teoria egocêntrica.

Sinto o veneno que se infiltra na pele,
corroí o osso, rasga a carne,
pondera o lugar, o abrigo para o seu fel.
Um olhar eclipsado, vivência apocalíptica,
Agulhas impiedosas, cravejadas na essência.
Eis um grito demoníaco,
latido de um cão enfermo.

Não sou um demónio, ou o homem renegado.
Sou doente de alma, poeta de frágil ego .
A cura é um sorriso pleno;
um abraço,
que me quebre os ossos, que me deixe sufocado.

Sou aquele que quer ser superior a si mesmo, o mesmo que é inferior a outrem!

Frederico Vanesgard

__________________________

Rosa Crucificada

O sacerdote que fornica a rosa não foi tentado,
Essa foi a sua intenção.
Ele, pervertido mor,Come a carne com gula,
Demanda o que lhe é negado.
Trapaças e teias de fantasia,
a catarse prometida, mentira rosada

Quando o sino toca, e o silêncio volta,
Caminhas com cautela, pões a batina no armário,
sedento de boémia, entras no quarto dela,
Começa o bordel no santuário

O véu cai, tocado pelos teus dedos
Mordes-lhe os seios,
sem receios, sem medos.
Ajoelhas-te, sereno, devoto à reza habitual,
olhas a rosa enfeitiçada,
e a tua língua desliza, ao encontro do prazer carnal

A contorção do seu corpo, a tua volúpia.
Procuras desafogo, desejo desmedido
Sacrifício de uma rosa sem espinhos,
Obediência cega, um orgasmo concebido.

Carne contra carne, veneno que escorre,
Suor febril, delírio algo vazio.
Um arrepio arrojado,
depois do acto consumado.
Repara... só tu é que acabaste molhado!
Philip Vanesgard



____________________________

Saudade Petrificada, A Lamuria que Cessou

Havia um homem sentado à beira mar.
Entre as mãos, enluvadas de peripécias,
despia a flor da nostalgia, como quem despe um fardo.
Guardava saudade do velho tempo,
Temia não ter tempo para a sua história cantarolar.

Praguejou ao vento, cuspiu na terra.
Interrogou o céu, à cerca do fado,
Que lhe ardia, lá no peito, calejado.
A resposta foi muda, como havia de o ser.
O céu não atura lunáticos, consumidos pelo desejo de morrer.

O branco pintou de saudade o seu cabelo.
Um século, foi quanto tempo o tempo fez,
a velhice assomou-se ao seu corpo,
as rugas ganharam o seu tez.
De vista turva, quase cego,
fitou-se na água, sentiu a picada, a morte do seu ego

Foi então que tentou erguer-se, como se ergue o corajoso.
Apossou-se da força, ganhou esperança e utopia,
acreditou no renascer da alegria
As suas pernas fraquejaram, esse foi o erro consumado.
Morreu, fez-se pedra, o tempo vitimou um pobre coitado

Frederico Vanesgard
____________________
Teoria da Ignorância Eterna

Vida - Um domínio não matemático,
Um código minuciosamente encriptado;
um constante enigmático,
dilema que enlouquece o sábio

Chave de muitas portas, fechadura rara.
Definição indefinida, no dicionário inexistente.
Tempo limitado para resolver a questão épica
Neste jogo de valores, escolhe primeiro a tua ética

Um poema inacabado, de essência incompleta.
Tinta esgotada, palavras escassas.
Certezas certas não as há.
A única verdade é,
a aurora da alma, e o ocaso dela mesma.

Frederico Vanesgard
__________________


Espelho

Essa mão com que me abraças,
Colheu rosas em jardins de dor
Teu coração, ferido, simulou a cicatriz;
Para ver crescer um alegre petiz.

Escondes a negra quimera do passado,
lá nas entranhas de um silencio abafado.
Sorriso em parte vazio, dor fantasma.
Abraça-me, com essa mão que vale por duas.

Saru
__________________________________________
Não vás.

Nunca sei como vens vestida,
De que cor se pinta hoje o teu saber?
Pedes-me que te molde a jeito de poeta,
Nunca sei o que dizer!

Em que nuvem te escondes?
Será nessa por detrás de olhos e montes?
Olhas-me com complexidade,
Com a frialdade de quem sabe ver medo.
Medo de manchar teu nome, com tinta indigna.

Peço-to que não te vás, como quem só volta amanhã.
Diz-me ao ouvido, as palavras com que estás vestida,
Deslinda-me os olhos e faz desvanecer os montes,
Assim deixarei que a tua rutilância me cegue,
que a tua mão me amime os pensamentos.

Saru
___________________________________

VICIO

Tua pele gelada
Sinto-a quente.
Tua alma errada,
já não é diferente.

Somos iguais,
Mas nada parecidos
somos as rosas
nos túmulos esquecidos
(Parte do Vorhzz)

O desejo de possuir teus lábios.
Ó, esse é-me vitalício;
O vicio de tocar teu corpo,
Esse não se prende à minha vontade

Não quero na tua alma encontrar,
Uma ilusória paixão;
Não procuro nos teus lábios, um precipício;
Nem na tua gelada pele, o fim do meu amor mortal.
(Parte do Saru)
________________________________

Chuva de razões

Ó Homem que a insanidade te fez forte, que desejas o céu e desvendas o mar.
Que de sonhos és feito, e esperas a perfeição alcançar.
Ó Homem que te dizes cheio de sabedoria e entendimento.
Que usas a ilusão para te atenuar a dor e sofrimento.
Ó Homem que, és dono do impossível e navegas um mar de sorte.
Mas espero que nessa euforia te lembres que a insanidade não é nada depois na morte.
_____________________________________________________________________________

Olhar o mundo em demasia.

Olhar o mundo em demasia... queima por dentro e nota-se por fora!
É impossível que uma pessoa com dois olhos bem abertos e dois pares de cabelos grisalhos trazidos por vastas páginas de experiências verídicas (umas boas e outras más) se consiga afastar desta realidade tão realista... E mesmo que tente fazê-lo, a vida passa-lhe por cima como um TGV criado para castigar as pessoas e as trazer de volta à terra banal e sem paladar a novas experiencias. Parece ter gosto em apagar o, já pouco luzente, sorriso do rosto do povo! Não a entendo... deve viver em fortuna com certeza! Já viram? Tem sempre de nos mostrar a sua nojenta e desagradável raiva... como se fosse uma vingança guardada durante anos numa arrumada, mas nunca esquecida, caixa na cave de uma casa degradada, escura e ocasionalmente visitada pelas aranhas que acharam o sítio apropriado para construir a sua casa (acho que essas devem levar mais sorte do que nós). E quando menos esperas... KABUM! A vida mostra-nos quem manda. Não feches os olhos para ela... mas também não lhe dês toda a atenção que ela te pede!


__________

Vou…

Vou cuspir do meu pranto incessante até que a agitação dos mares internos acalme... Até que a ferida tenha a decência de regredir e o brilho me volte a dar o prazer da cegueira dos sonhos novamente. Vou atear fogo às minhas lágrimas e pisa-las com uma bota de cabedal, para que não me voltem a nascer e marcar a sua presença longa e nojenta no canto dos meus olhos outrora revestidos de paz.

[b]


Última edição por Saru em Dom Jun 26, 2011 1:05 am, editado 19 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
girlfromnowhere
Dedicado(a)
avatar

Libra Número de Mensagens : 608
Idade : 27
Data de inscrição : 31/12/2008

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Sex Mar 25, 2011 1:15 am

Gostei muito do primeiro. Só mudava umas coisinhas mas isso é mais uma questão de gosto Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Saru
Participante


Áries Número de Mensagens : 177
Idade : 33
Localização : Atrás de ti
Data de inscrição : 24/03/2011

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Sex Mar 25, 2011 6:48 pm

Obrigado pelo comentário! Se quiseres, podes dizer como ficaria ele a teu ver... Very Happy

Primeiro post actualizado: Mais um pequeno texto!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
vorhzz
Dedicado(a)
avatar

Escorpião Número de Mensagens : 566
Idade : 23
Localização : Hell
Data de inscrição : 26/10/2010

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Seg Abr 04, 2011 9:53 am

Devias pôr aqui o nosso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.vorhzz.blogspot.com
Saru
Participante


Áries Número de Mensagens : 177
Idade : 33
Localização : Atrás de ti
Data de inscrição : 24/03/2011

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Qua Abr 06, 2011 1:22 pm

vorhzz escreveu:
Devias pôr aqui o nosso.

Feito Wink

Espero que gostem!

Critiquem, por favor! Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
vorhzz
Dedicado(a)
avatar

Escorpião Número de Mensagens : 566
Idade : 23
Localização : Hell
Data de inscrição : 26/10/2010

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Qua Abr 06, 2011 1:44 pm

Esse poema, saiu na boa, tens futuro dude.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.vorhzz.blogspot.com
Saru
Participante


Áries Número de Mensagens : 177
Idade : 33
Localização : Atrás de ti
Data de inscrição : 24/03/2011

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Qua Abr 06, 2011 1:46 pm

vorhzz escreveu:
Esse poema, saiu na boa, tens futuro dude.

*TEMOS.

Querias tu dizer... Tu também escreves muito bem!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Z-Ghost
Drácula
avatar

Sagitário Número de Mensagens : 2577
Idade : 27
Localização : Aveiro aka. Shitville
Data de inscrição : 26/09/2010

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Qua Abr 06, 2011 2:39 pm

Gostei da segunda. Chuva de razões.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://poesiaravenspawn.blogspot.com
Saru
Participante


Áries Número de Mensagens : 177
Idade : 33
Localização : Atrás de ti
Data de inscrição : 24/03/2011

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Qua Abr 06, 2011 4:26 pm

Obrigado Z. Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Saru
Participante


Áries Número de Mensagens : 177
Idade : 33
Localização : Atrás de ti
Data de inscrição : 24/03/2011

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Qua Abr 06, 2011 10:43 pm

Adicionado: "Não vás"


Espero que gostem!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
vorhzz
Dedicado(a)
avatar

Escorpião Número de Mensagens : 566
Idade : 23
Localização : Hell
Data de inscrição : 26/10/2010

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Qui Abr 07, 2011 10:49 am

Gostei
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.vorhzz.blogspot.com
Z-Ghost
Drácula
avatar

Sagitário Número de Mensagens : 2577
Idade : 27
Localização : Aveiro aka. Shitville
Data de inscrição : 26/09/2010

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Qui Abr 07, 2011 3:29 pm

Imo Meh... Deixo um conselho aos escritores... Não usem expressões que não combinam com os sentimentos que expressam. Até parece que sentem x, pensam y e escrevem z.

Also meh, não significa mau pelo contrário está aceitável a nível frásico mas ao nível emocional, está muito cliché, muito plástico, muito soap opera.

Keep writting.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://poesiaravenspawn.blogspot.com
The Daemon
Morcego
avatar

Áries Número de Mensagens : 966
Idade : 22
Localização : Antro de Miséria
Data de inscrição : 15/06/2010

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Qui Abr 07, 2011 5:38 pm

"que a tua mão me amime os pensamentos."

Hum, soa-me perverso, esse verso. Se assim for gosto do poema.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://daemonicscriptures.blogspot.com
Saru
Participante


Áries Número de Mensagens : 177
Idade : 33
Localização : Atrás de ti
Data de inscrição : 24/03/2011

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Qui Abr 07, 2011 6:31 pm

@ Vorhzz

Obrigado.

@ Z

Muito obrigado pela critica, farei melhor da próxima vez!

@ Deamon

Tens toda a liberdade de o pensar, afinal, está aqui retratada uma mulher que te pede alguma dedicação... pelo que sei, também a conheces... Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Z-Ghost
Drácula
avatar

Sagitário Número de Mensagens : 2577
Idade : 27
Localização : Aveiro aka. Shitville
Data de inscrição : 26/09/2010

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Qui Abr 07, 2011 7:16 pm

Não, não... Não faças melhor, faz é mais rechonchudo a nível poético. Não falo de quantidade, nem qualidade, mas sim com mais molho(sauce), com mais alma(núcleo), com mais potência... Declama-os para ti com raiva ou com fulgor... Como invocasses um minion para ser o teu sujeito poético(se for o caso).

Eu posso escrever textos muito grandes mas escrevo poesia, tal e qual a sinto. Como uma cascata a cagar loads and loads de água.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://poesiaravenspawn.blogspot.com
Saru
Participante


Áries Número de Mensagens : 177
Idade : 33
Localização : Atrás de ti
Data de inscrição : 24/03/2011

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Qui Abr 07, 2011 8:40 pm

O.o Isso soou-me awesome. Vou começar a "berrar" poesia cá em casa... Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Z-Ghost
Drácula
avatar

Sagitário Número de Mensagens : 2577
Idade : 27
Localização : Aveiro aka. Shitville
Data de inscrição : 26/09/2010

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Qui Abr 07, 2011 8:41 pm

Às vezes meto o cobertor à volta de mim, tipo magic cloak. E quando estou farto de cantar as musicas das cantigas que oiço declamo os meus poemas para os gatos(quando estou a fumar no quarto às tantas da noite). Yeah i know, i'm mad. Nem falo no quarto de banho, porque aí é o lol. Hidden Camara share on youtube = Milton's Suicide.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://poesiaravenspawn.blogspot.com
Saru
Participante


Áries Número de Mensagens : 177
Idade : 33
Localização : Atrás de ti
Data de inscrição : 24/03/2011

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Qui Abr 07, 2011 8:47 pm

Já viste o filme "control"? Very Happy

Fizeste-me lembrar exactamente a imagem que esse filme passa relativamente ao Ian Curtis! Very Happy

Gosto das tuas dicas Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Z-Ghost
Drácula
avatar

Sagitário Número de Mensagens : 2577
Idade : 27
Localização : Aveiro aka. Shitville
Data de inscrição : 26/09/2010

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Qui Abr 07, 2011 9:03 pm

Sim vi o Control. Deixo-te a ultima, lê os meus também Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://poesiaravenspawn.blogspot.com
Saru
Participante


Áries Número de Mensagens : 177
Idade : 33
Localização : Atrás de ti
Data de inscrição : 24/03/2011

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Qui Abr 07, 2011 9:03 pm

Assim o farei, e com muito gosto!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Saru
Participante


Áries Número de Mensagens : 177
Idade : 33
Localização : Atrás de ti
Data de inscrição : 24/03/2011

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Seg Abr 11, 2011 10:32 pm

Update: Espelho
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Saru
Participante


Áries Número de Mensagens : 177
Idade : 33
Localização : Atrás de ti
Data de inscrição : 24/03/2011

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Sex Maio 06, 2011 5:01 pm

Update: Teoria da Ignorância Eterna
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Z-Ghost
Drácula
avatar

Sagitário Número de Mensagens : 2577
Idade : 27
Localização : Aveiro aka. Shitville
Data de inscrição : 26/09/2010

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Sex Maio 06, 2011 5:37 pm

Citação :
Teoria da Ignorância Eterna

Vida - Um domino não matemático,
Um código minuciosamente encriptado;
um constante enigmático,
dilema que enlouquece o sábio

Chave de muitas portas, fechadura rara.
Definição indefinida, no dicionário inexistente.
Tempo limitado para resolver a questão épica
Neste jogo de valores, escolhe primeiro a tua ética

Um poema inacabado, de essência incompleta.
Tinta esgotada, palavras escassas.
Certezas certas não as há.
A única verdade é,
a aurora da alma, e o ocaso dela mesma.

Frederico Vanesgard
__________________


Espelho

Essa mão com que me abraças,
Colheu rosas em jardins de dor
Teu coração, ferido, simulou a cicatriz;
Para ver crescer um alegre petiz.

Escondes a negra quimera do passado,
lá nas entranhas de um silencio abafado.
Sorriso em parte vazio, dor fantasma.
Abraça-me, com essa mão que vale por duas.

Saru
Não sei se querias escrever domínio invés de domino. Mas tenho de te dizer que adorei a "Teoria da Ignorância Eterna" e o "Espelho" está deep, até o senti bater bem fundo nos meus halls of dementia... Ambos foram bem recebidos, ou seja... I'm very pleased.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://poesiaravenspawn.blogspot.com
Saru
Participante


Áries Número de Mensagens : 177
Idade : 33
Localização : Atrás de ti
Data de inscrição : 24/03/2011

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Sex Maio 06, 2011 6:28 pm

O pc corrigiu... :/ É domínio!

Muito obrigado Z, a tua opinião conta muito!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Saru
Participante


Áries Número de Mensagens : 177
Idade : 33
Localização : Atrás de ti
Data de inscrição : 24/03/2011

MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   Qui Maio 12, 2011 11:58 pm

Update: Saudade Petrificada, A Lamuria que Cessou
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Saru's Wall   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Saru's Wall
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Gothik Portugal :: Fora do Contexto :: Projectos Artisticos-
Ir para: